ão Paulo – Uma jovem de 19 anos de idade foi presa nesta semana no estado de Minnesota (Estados Unidos) depois de matar, acidentalmente, seu namorado em uma tentativa de produzir um vídeo para o YouTube. A informação foi divulgada pela emissora de televisão local WDAY-TV.

Monalisa Perez e Pedro Ruiz, 22 anos, filmavam uma “brincadeira” que seria postada na plataforma de vídeos do Google. A ideia era mostrar como uma bala de uma arma de fogo poderia ser impedida de atingir Ruiz por um livro que ele segurava no peito.

A arma usada foi uma pistola semi-automática Desert Eagle calibre .50. Ele morreu na hora.

Ao menos 30 pessoas assistiam ao incidente. A filha de 3 anos do casal, inclusive. Monalisa chegou a tuítar uma mensagem falando sobre o teor do vídeo, antes de iniciarem a filmagem.

“Eu e Pedro vamos filmar um dos vídeos mais perigosos já vistos. Ideia dele, não minha”, disse a jovem, que espera o segundo filho do casal.

Se condenada, Monalisa pode ser sentenciada a 10 anos de prisão e uma multa de até 20 mil dólares, informou a CNN.

Fonte: Exame

SHARE